Mensagem: Preenchendo as brechas e expulsando Sambalate

Tema: Preenchendo as brechas e expulsando Sambalate

Texto: Neemias 6: 1-19.

Introdução

Doze livros do Antigo Testamento narram à história da nação de Israel. Josué, Juízes e Rute falam da nação de Israel antes de tornar-se um reino. Em seguida, os livros de Samuel, dos Reis e das Crônicas registram com detalhes toda a trajetória de Israel como reino, desde a sua formação até a queda e cativeiro. Por fim, os livros de Esdras, Neemias e Ester enfocam, principalmente, o período pós-cativeiro e a restauração do templo, da cidade de Jerusalém e de seus muros. O livro de Neemias tem como enfoque central à reedificação dos muros de Jerusalém.
Por que houve a necessidade de restauração tanto do templo como da cidade de Jerusalém e de seus muros? Porque, tudo haviam sido destruído em conseqüência da constante e prolongada desobediência do povo de Israel. Ao lermos os livros citados, veremos que Israel nunca se rendeu totalmente a Deus. Sua situação espiritual era muito instável, ora buscava a Deus de todo o coração, ora se apartavam Dele, cometendo todo o tipo de pecado.
E nesta noite nos queremos falar um pouco de Neemias e como Deus o usou para abençoar a nação de Israel.
Quem era Neemias? Ele foi copeiro do rei. E ele estava extremamente preocupado com o bem-estar dos seus parentes e compatriotas, chorou, jejuou e orou ao Senhor. Ele baseou suas petições nas grandes promessas de Deus, certo da fidelidade de Deus em cumprir a sua palavra. Pediu que Deus estivesse com ele diante do rei da Pérsia. E que o ajudasse na reedificação dos muros de Jerusalém. E que ajudasse no os opositores.
Vejamos:

1- Neemias tinha um projeto, tinha um alvo. (2:5)

E você, qual é o seu? Você tem um projeto, um alvo?

Quando lemos o capitulo 1 de Neemias encontramos Hanani ( a abreviação de nome Hananias) um amigo judeu que provavelmente era bem próximo de Neemias, o qual lhe contou toda a situação dos que escaparam do exílio e acerca de Jerusalém (1:2-3).Quando Neemias ouvi as noticias, que não eram boas, veio sobre ele um forte sentimento de tristeza , de choro, lamento, jejum e oração (1:3-4) por Jerusalém, e se seguirmos os demais versículos veremos Neemias orando a Deus por sua nação e por seu povo.
Seguindo para o capitulo 2 encontraremos Neemias (o copeiro do rei) em seu trabalho diante do rei e ele mesmo declara nunca ter fica triste na presença do rei, nesta ocasião o rei observa o semblante de Neemias e pergunta se ele estava doente, mais ele respondeu ao rei dizendo que não se tratava disto, era tristeza de coração. Porém, Neemias abre seu coração e contra para o rei, seu lamento e dor.
Na verdade o rei já sabia que este discurso resultaria em um pedido e então, o rei vai direto ao assunto e pergunta "o que queres?" (2:4)
Aqui quero abrir um parêntese para chama nossa atenção, Neemias estava diante do rei e precisava da liberação do rei para iniciar seu plano ( projeto, seguir seu alvo ) mais ele não faz nada sem antes orar a Deus, e só neste livro lemos por oito vezes ele orando espontaneamente ( 2:4; 4:4-5,9; 5:19; 6:14; 13:14, 22, 29) Neemias orava em qualquer hora, mesmo enquanto falava com as pessoas. E, quantas vezes você tem orando a Deus? Quantas vezes você perguntou a Deus se os seus planos estão iguais ao dEle? Quantas vezes você orou antes de tomar uma decisão em sua vida? Quantas vezes você perguntou a Deus se esta é sua vontade?
Irmãos, Neemias sabia que Deus estava no controle de sua vida, de seus sonhos, de seus planos. E ele podia orar como confiança ao longo do dia, pois ele tinha estabelecido um relacionamento intimo com Deus. E nesta noite façamos uma reflexão. Como esta nosso relacionamento com Deus? Será que Deus esta contente com a vida que temos vivido? Estamos diante do Rei dos reis com o mesmo propósito? Ou, simplesmente deixamos escapar no dia a dia de nossa caminha?

Retornemos ao texto, aqui encontramos Neemias apresentando ao rei seu projeto "reedificar os muros de Jerusalém". E longo o rei lhe dar a permissão para ir a Jerusalém.
Neemias sabia que ia encontrar oposições e precisaria de autorização real para sua missão. Sabia que precisaria de autoridade real para fazer o que pretendia fazer. Para esse propósito, cartas da parte do rei serviriam muito bem, também haveria uma escolta (2:9).
Finalizando este ponto quero deixar algumas perguntas no ar para que possamos responder.
- Qual era mesmo meu propósito quando me apresentei ao Senhor e disse "eis-me aqui?
- Ainda estou ouvindo a voz de Deus?
- Como esta minha vida e meu relacionamento com Deus?

2- Neemias iniciou seu projeto.

Dando seqüência, encontramos Neemias a caminho de Jerusalém, porém, alguns opositores ouviram sobre os projetos de Neemias, e ficaram extremamente perturbados, por saber que ele ia promover o bem aos filhos de Israel.
Neemias chega a Jerusalém e foi caminhar entre as ruínas do muro da cidade e começa a calcular os danos que lhe foi causado. E ele tinha que se acostumar com a grandíssima tarefa que estava à frente.
Em suas observações Neemias percebe que os muros da cidade tinham sido parcialmente reconstruído, mais pouca coisa permanecia intacto ( ver Esdras 4:12,13,16; 5:8,9).
Porém, Neemias não conta para ninguém o que Deus tinha posto no seu coração para fazer em Jerusalém (2:12), por enquanto. E ele sabia que precisava ter um bom plano e recursos suficiente para iniciar e termina seu trabalho.
Irmãos muitas vezes queremos iniciar as coisas do nosso jeito, e não paramos para pensar, e não analisamos a situação que se encontra o muro.
A primeira coisa que Neemias fez ao chegar à cidade foi analisar o estado do muro. E ele só contava seus planos as autoridades apropriadas e verificava que tipo de força tarefa poderia reunir. Ele tinha estratégias, e agia com cautela.
Neemias convoca o povo para verem o triste estado em que se encontrava, ele mostrou ao povo que Jerusalém estava em ruínas, e suas portas foram queimadas a fogo. Neste momento ele exorta-os a fazer alguma coisa a respeito:
"... Vinde, reedifiquemos os muros de Jerusalém para que não estejamos mais em opróbrio..." (2:17)

OBS: "Opróbrio" significa: Vergonha, desonra.

E povo reage de forma positiva e começam o trabalho de reconstrução. "... levantemo-nos, e edifiquemos..." (2:18)

Irmãos é tempo de despertamos, e vermos como esta o estado do muro, é preciso ver as brechas e é preciso fechá-las completamente, e verificar as portas e se estiverem destruídas, temos que colocar portas novas e temos que fechá-las bem fechadas para que inimigo nenhum possa entrar em sua vida.

3- É tempo de reconstruir as muralhas

No capitulo 3 encontramos uma lista dos trabalhadores e suas áreas de trabalho (3:1-32) segui uma seqüência natural da narrativa do texto e que se liga naturalmente ao capitulo 4.
Porém, no capitulo 4 encontramos Sambalate se opondo contra a reconstrução do muro. Ao ver Sambalate que todos trabalhavam na obra, começou a zombar e se enfureceu. No entanto. Suas zombaria e fúria não ficaria apenas com palavras de oposição ele iniciará um plano para intimida o povo, "... Ainda que reedifiquem, vindo uma raposa derrubará o seu muro de pedra." ( 4:3)
Irmãos quero neste momento chamar sua atenção, cuidado com as raposinhas, elas são pequenas mais conseguem destruir todas uma vinha. Estas raposas representam as pequenas coisas que deixamos entrar em nossas vidas e que dizemos: " não tem nada a ver", cuidado com o que parece não ter nada a ver, isto pode destruir seu chamado, ministério e futuro.
Voltando ao texto, no 4:4-5 encontramos mais uma vez Neemias orando e o povo continuou a construção até a metade da altura do muro, pois o povo estava com seus corações voltados para a obra.
Mais quando Sambalate ouviu que a reparação ia avante e que as brechas começaram a tapar (4:7), ele ficou furioso.
Irmãos é tempo de reparar as brechas em nossas vidas, talvez você me pergunte mais Que tipos de brechas precisamos fechar?

-A brecha da desobediência.
-A brecha dos maus pensamentos
-A brecha da murmuração
-A brecha da incredulidade
-A brecha da preguiça e falta de ação
- Entre outras...
É preciso despertamos, pois Sambalate fez plano e se uniu com todos os opositores para atacar Jerusalém (4:8,11) e impedir o avanço da obra na cidade. Da mesma forma no inimigo tem feito planos e tem se aliado com todas as potestades para fazer você parar, para tirar sua visão, seu alvo, para paralisar a obra de Deus em sua vida. O inimigo ele veio senão para matar roubar e destruir tudo o que Deus começou em sua vida. Fique atento, não de ouvido a voz do inimigo.

4- É tempo de montar guarda para que a obra não pare.

Nesta parte do capitulo 4 encontramos Neemias vigilante, atento a todos os movimentos ao redor da cidade e espalha guardas por toda parte e avisa o povo para se armarem com suas espadas, lanças e arcos. E depois de inspecionar a situação ele encoraja o povo.
E nisto podemos ver que Deus frustrou a tentativa do inimigo. E logo depois, todos voltaram ao trabalho, porém, Neemias dividiu o trabalho da seguinte maneira: metade trabalhava na construção e a outra metade mantinha guarda, com suas armas ao punho, lanças, espadas, escudos, arcos e couraças.
Entre os trabalhadores havia três classes de construtores: os construtores em geral; os que transportavam os entulhos e os que tinham armas, os defensores. Cada um tinha sua tarefa e a desempenhavam com eficiência, tudo era bem organizado. Eles trabalhavam atentos, com uma mão edificavam e com a outra seguravam a espada.
Irmãos precisamos aprender esta lição, temos que esta na posição de edificadores e de guarda ao mesmo tempo, atento a qualquer movimento estranho, posicione a espada para impedir que o inimigo pare a obra de Deus em sua vida.

5- A obra esta quase todas concluída

No capitulo 6 podemos ver que a obra estava bem avançada, as brechas completamente fechadas e agora só faltava colocar algumas portas.
Do versículo 1 em diante vemos Sambalate fazendo de tudo para tira Neemias de seu objetivo.

- tentou fracassar com o projeto de reconstrução. 4:2
- prepara plano para matar Neemias e destruir seu projeto. 6:2
- centralizaram seus ataques no próprio Neemias. 6:3
- queriam levar Neemias ao descrédito de sua eficácia como líder. 6:6

Mais, Neemias tinha um projeto, um objetivo. E Sambalate queria tirar Neemias de sena, pois sabia que tirando ele a obra pararia e não concluiria.
Na resposta de Neemias vejo que ele estava totalmente envolvido na obra, " ...estou fazendo uma grande obra, e não poderei descer ..."( 6:3)

Irmãos estamos fazendo uma grande obra "a obra de Deus" e não podemos parar porque o dia que pararmos a obra parará.O inimigo não se cansa em nos atacar e com Neemias não foi diferente.Sambalate faz três ataques a Neemias.

1° Ataque: Plano para assassinar Neemias.
- ele foi provado. (6:2)
- não se deixou enganar com os convites de Sambalate. (6:3)
- seguiu fazendo seu projeto sem sair do foco. (6:4)

2° Ataque: tenta agir nas emoções de Neemias
- tentou enganá-lo. V. 6-8
- tentou causa-lhe medo. V. 9

3° Ataque: Suborna pessoas para traição.
- cuidado para não ser enganado com falsas amizades. v10
- cuida para não ser enganado por falsos profetas. V. 12

Irmãos tenha cuidado, fique atento com as vozes que soam em seus ouvidos.
Neemias era um homem que possuía objetivos e o qual era reedificar os muros de Jerusalém para que a cidade voltasse a ser segura para o povo.
E finalmente Neemias conclui a obra de reedificação do muro, ele tinha um projeto, um objetivo e tinha um plano para ser efetuado e em pouco tempo, sem falta uma parte si quer tudo foi recuperado.
Agora só faltava comemorar, o esta muro concluído; "Deus estava envolvido na construção daquelas muralhas". Foi algo Divino, e essa é a única forma de explicar o que aconteceu em tão pouco tempo e diante de tão ferrenha oposição. A maravilha ocorreu, não somente por esforço humano, mas porque Deus estava ajudando.
E como esta o andamento da obra de Deus em sua vida? Esta parada ou foi concluída? Deus ainda tem lugar para agir em sua vida? E as brechas e as portas estão completamente fechadas?
Precisamos permitir que Deus siga reparando, aperfeiçoando e concluído sua obra em nossas vidas. Deixemos que Ele venha agir em nós.
E para finalizar quero citando um Salmo Bíblico e um texto de William Cowper.

"Foi o Senhor que fez isto, e é maravilho aos nossos olhos." Sl. 118:23

"Deus se move de forma misteriosa,
Para realizar as Suas maravilhas.
Implanta Seus passos no mar,
E cavalga por cima do tufão.
No profundo, em minas insondáveis,
De habilidades que nunca falham,
Ele entesoura Seus grandes desígnios,
E põe em obras Sua vontade soberana." William Cowper.

 

 

domingo 17 outubro 2010 14:13



1 comentário(s)

  • antonia mailto Sáb 16 Abr 2011 04:35
    estou fazendo um trabalho de orações sobre nações, na qual Deus me revelou o País Mianmar. gostaria de mais informãoes sobre este País...


Seu comentário :

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.161.145.251) para se identificar     



Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para missgeonessolatti

Precisa estar conectado para adicionar missgeonessolatti para os seus amigos

 
Criar um blog